Durante um bate-papo por email o Ricardo Saffi citou uma frase, segundo ele talvez de minha autoria. Eu obviamente roubei a mesma, visto que é algo que eu concordo e poderia mesmo ter dito, se fosse mais esperto:

“Os [BP]Beatles[/BP] têm uma música para cada momento de nossas vidas”. É verdade. Mas eu iria além. Melhor do que ter uma [BP]trilha sonora[/BP] que se adeque ao momento, é ter uma trilha que instigue, estimule e faça com que você se sinta e trabalhe melhor.

Durante um tempo eu saía do trabalho ouvindo no meu [BP]MiniDisc[/BP] da [BP]Sony[/BP] a musiquinha que tocava no final dos episódios do [BP]Hulk[/BP]. Depois fiz uma playlist no melhor estilo CVV, cuja piece de resistance era “As Flores do Mal”, do [BP]Legião Urbana[/BP]. Bolas, a música refletir seu estado de espírito é legal, mas você criar um esquema de retroalimentação maligno onde uma música estimula um estado ruim que alimenta mais músicas no mesmo estilo, não é bom.

Outro dia experimentei escolher as músicas pelo estado de espírito que eu quero alcançar. Quer saber? Funciona! Agora mesmo estou ouvindo “Can´t take my eyes off you”, uma de minhas preferidas desde que foi usada como trilha sonora de um comercial da Levi´s, com a Luciana Vendramini. É uma música que desperta o melhor de mim.

Em busca de uma maneira mais ágil de “programar” minha vida musical, fiz algo que já deveria ter feito faz tempo, comprei um [BP]iPod[/BP]. (resenha aqui no MeioBit) Estou apaixonado, é tudo que sempre sonhei, em termos de tamanho e praticidade. O MiniDisc foi pra gaveta definitivamente, assim como os [BP]MP3[/BP] no [BP]PDA[/BP] [BP]Dell[/BP] [BP]X51v[/BP] foram apagados sem dó. Milhões de agradecimentos á  Cunhada do Leo, por ter trazido meu precious dos EUA e á  Raquel, também de Curutiba, por ter tido o trabalho de mandar o SEDEX.

Estou produzindo mais e melhor, meu humor inspirado pelos quase 8GB de músicas, inclusive as baixadas pela loja do iTunes. Sim, tentei este truque mas não funcionou. Felizmente o Leo me presenteou com uma música e com isso é possível abrir uma conta na iTunes Store mesmo sem cartão de crédito dos EUA.

Amanhã retomarei minhas caminhadas na praia, acompanhado pelo podcast do Penn Jilette. É mais tempo para botar o cérebro em dia, pensando mais e novas besteiras para escrever por aqui ;)

Leia Também: